quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

A Interferência Humana no Meio Ambiente.

O início da interferência humana no meio ambiente ocorreu desde a Revolução Industrial, século XVIII na Inglaterra. Com o surgimento das indústrias o planeta já sofria com aumento de temperatura e aquecimento global.
O desmatamento, a caça, a pesca, a agricultura e a poluição das águas foram causas determinantes para a modificação do ambiente a extinção várias espécies.
Mesmo com os malefícios causados pelo aumento na temperatura do planeta, se não fossem essas interferências, as populações não se desenvolveriam da forma como se desenvolveram até os dias atuais.
Os grandes problemas ambientais relacionados ao mau uso dos recursos naturais são causados, em parte, pela desigualdade social. A falta de acesso ao conhecimento e conscientização ecológica atrelada às deficiências educacionais são fatores que tornam as intervenções ambientais mais rotineiras e problemáticas.
Grande parte da população tem atualmente, um maior conhecimento das causas e efeitos das interferências humanas na natureza. Basta agora encontrar maneiras de manter o desenvolvimento sem causar tantos danos ao ambiente. Hoje há essa consciência e conhecimento dos possíveis problemas que enfrentaremos e é exatamente por isso que precisamos procurar uma forma, por meio da ciência ou educação, que nos ajude a frear ou estabilizar as modificações climáticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário